Correios confirmam edital de concurso público para outubro

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) anunciou que vai sair em outubro o edital de abertura do novo concurso público para ingresso em carreiras de nível médio/técnico e superior na área de segurança do trabalho.

O novo concurso será para provimento de cargos de Auxiliar de enfermagem do trabalho, Técnico de segurança do trabalho, Enfermeiro do trabalho, Engenheiro de segurança do trabalho e Médico do trabalho. Ainda não há definição do número de vagas ou se o certame será apenas para formação de cadastro reserva. As inscrições estão previstas também para o mês de outubro.

O Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades) já foi escolhido por meio de dispensa de licitação para coordenar o certame que terá vagas em várias cidades do país.

Não há previsão da abertura de vagas na área operacional para Carteiros e Atendentes.

Leia tambémMinistério da Agricultura abre concurso com 300 vagas para auditor fiscal agropecuário

Cargos

A carreira de Auxiliar de enfermagem do trabalho exige ensino médio e certificado de conclusão de curso de Auxiliar de Enfermagem em conformidade com as normas do órgão competente. A remuneração inicial do cargo é fixada em R$ 1.876,43 por 44h semanais de trabalho.

Já para concorrer no cargo de Técnico em segurança do trabalho, o candidato deve ter nível médio com curso de Técnico em Segurança do Trabalho. O salário inicial é de R$ 2.534,14 por jornada de 44 horas semanais.

Vagas

O cargo de Enfermeiro do trabalho tem requisito de curso de graduação de nível superior em Enfermagem, com especialização em Enfermagem do Trabalho, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. O salário é de R$ 4.903,05 também por 44 horas semanais.

Os interessados no cargo de Engenheiro de segurança do trabalho devem ter formação de nível superior em Engenharia, com especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho, e a remuneração também é de R$ 4.903,05.

Os graduados em Medicina poderão tentar a carreira de Médico do trabalho, que exige ainda especialização em Medicina do Trabalho. A remuneração é de R$ 4.903,05.

Além da remuneração, os Correios oferecem plano de carreira, possibilidade de desenvolvimento profissional, vale-alimentação/ refeição, vale-transporte, auxílio-creche ou Auxílio Babá, auxílio para filhos dependentes portadores de deficiência, assistência médica e odontológica e plano de previdência complementar.

A última seleção para estes cargos aconteceu em 2011 e foi coodenada pelo Cespe – confira o último edital.

Leia mais:

Com Correios em greve, saiba o que fazer para retirar as encomendas em Manaus

TST acata liminar e determina efetivo mínimo de 80% de trabalhadores nos Correios

TST declara greve nos correios abusiva

Fonte do Artigo

Ultimas Vagas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *