Quando aceitar um salário menor que sua pretensão salarial

Baixar a pretensão salarial para conseguir uma recolocação no mercado de trabalho tem sido um problema que bate à porta dos profissionais que estão há muito tempo desempregados.

O cenário econômico e alta taxa de desemprego, já na casa dos 12 milhões de pessoas, segundo o IBGE, resulta no desequilíbrio entre vagas disponíveis e profissionais buscando emprego. Quando a quantidade de vagas é maior, as empresas acabam dedicando mais esforços na atração de talentos e isso se reflete em melhores salários e benefícios, critérios de seleção mais flexíveis e até mesmo em aperfeiçoamento para os profissionais selecionados. Já quando é o número de candidatos que cresce, as ofertas de salário e benefícios diminuem e as empresas podem elevar os critérios de seleção.

O que acontece, na visão dos consultores da Thomas Case & Associados, é que mesmo com os salários mais baixos, os critérios sobem porque as empresas sabem que há gente muito qualificada disponível. Logo, não é necessário flexibilizar os requisitos para investir em desenvolvimento. Além disso, com menos vagas, a tendência é que os empregadores também contratem apenas um profissional para desempenhar várias funções. Daí a importância de assumir um perfil multitarefas.

Para a equipe da Thomas Case & Associados, a queda nas remunerações para cargos de maior nível hierárquico chega a ser de 20% a 30% e não deve ser revertida mesmo com a recuperação da economia. O fato é que, durante o período de maior crescimento do país, houve um aumento de remuneração acima do que seria o ideal. O mercado acabou entrando em uma fase de ajuste quando o crescimento não se manteve.

Vagas

Quando vale a pena aceitar um salário menor que sua pretensão salarial?

Os especialistas da consultoria indicam fazer uma avaliação criteriosa da empresa que está oferecendo a vaga. É importante investigar se a companhia é bem estruturada. Às vezes, vale a pena entrar com um salário inicial baixo porque existe a possibilidade de investimento no profissional no futuro. Além disso, os especialistas ressaltam que pode ser mais fácil encontrar uma colocação melhor quando se está inserido de alguma forma no mercado, mesmo ganhando um salário menor. Assim, essa pode ser uma estratégia importante. Para isso, recomenda-se também uma avaliação interna. O profissional precisa saber qual é o mínimo que pode aceitar para se doar à empresa. As possibilidades dependerão, claro, do planejamento financeiro do profissional.

O post Quando aceitar um salário menor que sua pretensão salarial apareceu primeiro em Portal Carreira & Sucesso.

Fonte: https://www.catho.com.br/

5 (100%) 1 vote

Ultimas Vagas

Comentários no Facebook